A DEMISSÃO DE LUIZ ROSAN

Existem situações que nos levam a repensar os valores que temos na vida. Todos nós temos uma hierarquia de fatores que consideramos as razões pelas quais nos dedicamos a fazer o nosso melhor. Família, amigos, atividade profissional etc.

Esses nossos valores também podem nos trazer decepções. Quem é que já não teve uma grande frustração na vida, com familiares, amigos e principalmente na sua atividade profissional? Certamente é isso o que o fisioterapeuta Luiz Rosan deve estar vivenciando agora.

Para quem não o conhece, o Rosan é uma referência na fisioterapia esportiva no Brasil. Trabalha nesta área há mais de 30 anos e dedicou quase todo este tempo ao São Paulo F.C., onde criou não só uma estrutura de trabalho reconhecida como exemplo no Brasil e no exterior, como uma verdadeira escola que serviu e serve de modelo para os profissionais da área.

O Rosan participou como profissional em quase todas as grandes conquistas do clube nas últimas décadas, incluindo vários títulos de campeão brasileiro, Copas Libertadores, e títulos mundiais. Além disso, foi e ainda é o fisioterapeuta da seleção brasileira de futebol com a qual conquistou vários títulos, inclusive Copas do Mundo.

Este profissional que pode ser considerado o maior nome da fisioterapia do esporte no Brasil, acaba de ser demitido pela diretoria do São Paulo. Com certeza é o tipo de decisão que traz um grande prejuízo para os dois lados.

O São Paulo perde um profissional que não vai conseguir repor, num momento decisivo em que atitudes como essa podem ser ainda mais prejudiciais, por causar um sentimento de perda para os atletas, com enorme repercussão no ambiente interno, trazendo inseguranças e incertezas.

Para o Rosan, eu tenho certeza, até por experiência própria, o prejuízo é o de estar vivenciando um enorme sentimento de perda, como se um pedaço da sua vida lhe tivesse sido roubada por alguém. É uma sensação semelhante à perda de um ente querido.

A reflexão que se faz necessária nestas horas, é a de repensar valores, de tomar contato com uma realidade diferente daquela que concebemos, na qual este ente querido é na verdade uma entidade com atitudes frias, sem nenhum reconhecimento pelo investimento profissional e emocional de toda uma vida.

Anúncios

9 thoughts on “A DEMISSÃO DE LUIZ ROSAN

  1. Foi o Sr o Carlinhos agora o Rosan, essa diretoria quer afundar a nossa história só consigo ver esse o motivo, esse trio que mecionei a cima não entra em campo e não escala time porém foi determinante para muitos títulos do SPFC, uma pena, eu como sãopaulino de verdade espero qe um dia quem sabe uma outra diretoria vocês tenham a oportunidade resolvam voltar

  2. Esta matéria é de Abril 2013 e agora em Julho 2013 podemos ver o frutos colhidos. Espero que o clube obtenha mais derrotas e que acelere o processo de reestruturação da diretoria !

  3. Caro colega, também sou médico e tricolor, gostaria de saber se, caso o MAC seja eleito presidente do SPFC – ou mesmo alguém da oposição, o senhor retornaria ao clube? E tentaria trazer de voltas os seus antigos colegas de trabalho, Rosan e Neves?
    Abraços
    André de Almeida

  4. Grande Doutor Turíbio Leite! Como são-paulino que sou, sigo torcendo MUITO pela sua volta ao “lar”, bem como pela do Rosan e do Carlinhos Neves. A eleição do Carlos Miguel Aidar, que se anunciava como a continuidade da destruição do São Paulo, acabou se tornando uma gratíssima surpresa e acredito que hoje já haja condições para todos vocês retornarem. Há essa possibilidade??? Forte abraço e, desde já, desejo um Feliz Ano Novo!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s