MÉDICOS QUE PRESCREVEM ANABOLIZANTES

Neste final de semana, a revista Veja São Paulo publicou uma matéria com uma denúncia que deve ter chocado muita gente. Os repórteres da revista consultaram quatro médicos em São Paulo, obviamente sem se identificarem como tal.

Os quatro profissionais prescreveram esteroides anabolizantes assim que o suposto paciente manifestou o interesse de obter aumento de massa muscular. Além do fato em si, existiram duas outras agravantes: as doses prescritas eram extremamente altas e nenhum exame prévio foi sequer solicitado. Os mesmos profissionais, quando entrevistados abertamente pelo repórter da revista, se pronunciavam contra o uso das referidas terapias anabolizantes.

Com certeza, trata-se de uma denúncia muito grave, porém nada que cause espanto para quem conhece o problema. Já é fato conhecido dos profissionais da área a existência de médicos que prescrevem anabolizantes. Diga-se também que ninguém é inocente nesta história. Quem procura, já sabe o que quer encontrar.

A respeito do fato em si, existem algumas considerações que devem ser feitas. Em primeiro lugar, a prescrição do anabolizante pelo médico não constitui nenhuma contravenção do ponto de vista criminal. O médico pode prescrever o anabolizante. O que se caracteriza é uma contravenção do ponto de vista ético, pois neste caso não existe a justificativa terapêutica de reposição hormonal, uma vez que o esteróide está sendo prescrito para fins estéticos.

Cabe ao Conselho Regional de Medicina analisar os casos e tomar as devidas atitudes, porque não se pode admitir que um profissional médico que tenha compromisso com um valor maior que é a saúde, acabe se tornando um promotor de resultados estéticos fruto do efeito de drogas, com enorme prejuízo para a integridade física de seus pacientes.

O que os usuários não podem esquecer é que em primeiro lugar não existe dose absolutamente segura de anabolizante, pois de qualquer maneira, a proposta é sempre aumentar o nível do hormônio no corpo, acima do valor normal.

Outro aspecto é que, quem usa se quiser manter o resultado obtido, vai sempre ficar dependente do anabolizante, caso contrário o efeito regride. O uso prolongado sempre causa problemas que podem comprometer vários órgãos, principalmente o fígado, além de poder causar uma enorme lista de alterações funcionais e doenças graves.

De todos estes problemas, o mais traiçoeiro é o comprometimento da saúde das artérias, podendo causar problemas vasculares como AVC e infarto do miocárdio em indivíduos jovens.

Para causar impacto, vale lembrar o que uma vez disse um amigo meu: O usuário do anabolizante tem tudo para se tornar um defunto musculoso!

Anúncios

16 pensamentos sobre “MÉDICOS QUE PRESCREVEM ANABOLIZANTES

  1. É incrível como os médicos no Brasil não se atualizam, nos estados unidos já foi até aprovado terapia de testosterona pela comissão atlética de nevada e de outros estados, diversos estudos demonstram benefícios do uso de testosterona, mas no Brasil ainda temos médicos antiquados que gostam de aparecer com esse tipo de coluna na internet.

    1. Rodrigo, acho que quem precisa se informar é você.
      A terapia de testosterona só é aprovada se houver necessidade de reposição.
      Isto é em qualquer lugar do mundo.
      Outra consideração: A comissão atlética de Nevada não é absolutamente a melhor referência como órgão de referência normativo.
      Um grande abraço

  2. caro dr. sei como a veja é tendenciosa….uma vez que já fui **vitima** de uma entrevista em que o repórter distorceu 90% do que eu havia dito….sei que não tem virgem na zona….mas acredito que o repórter foi com a intenção clara de provocar este resultado…usando de má
    fé…mas enfim…é preciso saber em que condições foi feita a entrevista
    ps>> não sou advogado de nenhum deles

  3. Dr Turibio, bom dia!
    O DHEA ou 7KETO DHEA são anabolizantes?
    Tenho disfunção de tireóide, estive numa médica endocrinologista que me deu o 7KETODHEA e disse que era um polivitamínico, disse que eu precisava perder peso, mas eu já estava no peso ideal, praticava atividade física intensa, e vendia saúde, jamais pedi a ela que me desse hormônio, com exceção ao de tireóide que eu realmente preciso repor, e jamais pedi para emagrecer, fiz o uso confiando no que ela me disse, que se tratava de um polivitamínico e passei mal demais, alertava a profissional sobre estar mal, e ela dava de ombros. Esse medicamento traz malefícios? Fiz uso por 3 meses, crendo se tratar realmente de vitaminas.
    Vejo que há um mercado absurdo no que tange à estética e que está passando longe, muito longe do saudável.
    Agradeço se puder me esclarecer.
    Um abraço.

  4. Dr. Turibio
    Sou professor de educação física. Participei de uma palestra sua no ibirapuera. Abomino esse tipo de recurso, somente os fracos utilizam, e acabam se escondendo por traz .
    Parabéns por promover saúde.
    Prof. Mauro

  5. Dr,

    Sou leigo no assunto, mas tenho acompanhado, por motivos profissionais, a rotina de diversos halterofilístas, os famosos bodybuilders. Tratam-se de homens realmente enormes, de 120kg, 140kg, e até mais.

    Me parece óbvio que a batata doce, o frango e os suplementos não seriam suficientes para deixar corpos daquele tamanho. Sendo assim, e por ouvir que fazem uso de anabolizantes com acompanhamento médico, gostaria de entender até onde o uso de anabolizantes é realmente tão prejudicial, tendo em vista que grandes nomes desse esporte fazem e fizeram uso por toda a vida e estão saudáveis e gigantes.

    Será que o uso de anabolizantes com acompanhamento profissional e administração de outros remédios para proteção do fígado e afins, é seguro?

    Desde já agradeço pela atenção.

      1. Dr Turibio , como mesmo mencionou , é impossível garantir que o uso prolongado de esteroides não traga prejuízo à saúde,
        correto ?. Porem como também mencionou o Marcos , existem os Fisiculturistas que com 60 ou 70 anos de idade ainda estão bem musculosos e aparentando estarem muito melhores fisicamente que qualquer pessoa comum da mesma idade .
        Tudo indica pelo tamanho da massa muscular ainda mantida que ainda fazem o uso de esteroides .
        O que o Dr tem a dizer sobre estas pessoas que parecem não apresentar efeitos colaterais sobre o uso prolongado destas drogas ?.
        Grato pela atenção .
        Hugo .

      2. Hugo. Obrigado pelo contato. É muito difícil avaliar a condição de saúde só pela aparência física, entretanto de fato existem usuários de esteroides que conseguem controlar os efeitos colaterais, porém o risco existe e é bastante elevado. Assim como encontramos aqueles que parecem saudáveis, encontramos também os que pagam um preço muito alto pelo uso.
        Grande abraço

      3. Só para confirmar, o uso então é como uma roleta russa em que alguns com sorte conseguem sair do outro lado sem efeito colateral?
        Ou todos sofrem efeitos colaterais, sendo que alguns sofrem menos?
        E também, uma terceira possibilidade é que vários desses disfarcem o estado real da saúde ou nem mesmo saibam que estejam com a saúde comprometida, correto?

        Pode comentar esses três pensamentos por favor?
        Obrigado.

      4. Caro Carlos
        Não deixa de ser uma roleta russa, que tem tanto mais risco quanto menos controle clínico tiver
        Sempre vão existir efeitos colaterais, porém é absolutamente imprevisível
        Depende muito de dose, tempo de utilização, tipo de esteróide e claro de respostas individuais
        O usuário tem mesmo sempre um mecanismo de defesa e de negação

        Grande abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s